5 passos simples para começar a investir no mercado financeiro

Para quem nunca investiu um real antes, encarar o mercado de ações pode parecer um pouco intimidador. Ao contrário das aplicações tradicionais da renda fixa, investir em ações da bolsa parece uma atividade complicada e difícil de entender para a maioria das pessoas.

Porém, aplicar seu dinheiro em ações é um processo mais simples e acessível do que se pensa. Se feito com cautela e da forma certa, investir na bolsa pode ser uma ótima oportunidade para garantir excelentes rendimentos.

Logo, se você tem medo de se aventurar pela bolsa ou simplesmente ainda não sabe onde investir seu dinheiro, não se preocupe: vamos apresentar neste artigo um roteiro simples e prático de como entrar no mercado de ações. Tudo que você precisa fazer é seguir as nossas cinco dicas abaixo e começar a aplicar seu dinheiro com total segurança. Confira!


Junte dinheiro suficiente

Apesar de não existir um valor mínimo para investir em ações, é recomendado juntar uma quantidade razoável de dinheiro antes de começar a investir. Um bom valor para iniciar suas atividades é a partir dos 5 mil reais.

Isso acontece porque não compensa aplicar quantias pequenas na bolsa, pois os diversos gastos com taxas de corretagem e custódia cobradas podem "comer" tudo o que você conseguir ganhar. Ao investir valores muito baixos, os custos serão maiores que sua rentabilidade e vão te fazer perder dinheiro.

Abra uma conta em uma corretora

As corretoras de valores são as instituições que fazem a conexão dos investidores com o mercado de ações. Por isso, toda pessoa que pretende investir em ações na bolsa de valores precisa primeiro abrir uma conta em uma corretora.

Será por meio dela que o investidor vai comprar e vender ações e executar todas as suas ordens, por meio de telefonema para um operador (corretor) ou pela plataforma na internet (home broker).

Para escolher a corretora certa para seu perfil, você deve antes pesquisar quais ferramentas e produtos a corretora disponibiliza, além de avaliar o quanto ela cobra de corretagem e taxas.

Descubra qual é o seu perfil de investidor

Para quem está começando, é importante saber que investir não é simplesmente sair comprando ações que prometem ter bom desempenho. É necessário, antes de tudo, entender qual é o estilo de investimento mais adequado para você. Ou seja: saber o seu perfil de investidor.

Normalmente, os investidores são divididos em três perfis diferentes, traçados de acordo com sua personalidade, sua tolerância ao risco, seus objetivos e o prazo que pretendem deixar seu dinheiro investido. Os perfis são:

→ Perfil conservador: são pessoas avessas ao risco, que preferem aplicar em ações com pouca rentabilidade, porém com menos chances de perdas e mais segurança. Pretendem utilizar o dinheiro no curto prazo, em no máximo um ano.

→ Perfil moderado: para investidores mais tolerantes ao risco, que buscam boas rentabilidades sem ter que abrir mão da segurança. Normalmente, este perfil mescla diferentes tipos de investimentos em sua carteira, buscando um equilíbrio.

→ Perfil agressivo: são pessoas que investem de forma mais arrojada e que possuem muito tempo para recuperar possíveis perdas. Por isso, eles preferem papéis mais arriscados, que tenham perspectiva de altos rendimentos. Têm o objetivo de obter ganhos no curto prazo e crescer seu patrimônio ao longo do tempo.

Estude bem tudo o que puder sobre ações

Para ter sucesso em seus investimentos na bolsa, o ideal é estudar e aprender tudo sobre o mercado de ações antes de começar a investir. Existem muitas informações sobre o mercado financeiro que você precisa conhecer antes de dar qualquer passo.

Por isso, familiarize-se com alguns dos princípios básicos do mercado, dedique um bom tempo fazendo cursos, lendo livros, participando de discussões sobre o assunto e acessando regularmente sites sobre o assunto. Não se esqueça de que o melhor investimento possível é aquele que você faz em sua educação.

Uma boa maneira para colocar seus conhecimentos em prática antes de investir é utilizando simuladores online da bolsa. Eles são plataformas semelhantes ao sistema real da bolsa, que permitem treinar a compra e a venda de ações na bolsa, sem precisar comprometer o seu dinheiro de verdade.

Comece investindo aos poucos

Quando você já se sentir pronto e seguro o suficiente para iniciar sua experiência na bolsa, comece investindo aos poucos, de forma gradativa. Uma sugestão é começar comprando os chamados fundos de índice, ou "ETFs", em vez de já comprar ações de alguma empresa.

Eles são papéis também negociados na bolsa e funcionam como se fossem um "conjunto de ações" em um único ativo. Começando pelos ETFs, você estará protegido do risco de investir em ações individuais e poderá pegar mais confiança até se aventurar por outros papéis.

Ao seguir essas dicas, é possível começar os seus investimentos no mercado de forma tranquila e sem sustos. Mas, lembre-se: investir é um caminho, não um objetivo final. Por isso, é necessário estar atento ao mercado e em constante aprendizado.

Agora que você já sabe como investir no mercado de ações, não perca mais tempo! Caso você tenha alguma dúvida, não hesite em nos deixar um comentário. Estamos prontos para ajudá-lo!

Preencha formulário abaixo e entre em contato conosco:


+55 11 4557-6902 | 4557-6896
Somos uma empresa de consultoria especializada em proteção e planejamento financeiro, que usa ferramentas de investimentos e seguros para promover a tranquilidade. Fale com de nossos especialistas.